Blog

Métricas de vídeos para acompanhar que impactam na conversão

Rafael Damasceno

Conheça 9 métricas de vídeo fundamentais para garantir o sucesso da sua estratégia de vídeo marketing e aumentar a conversão

Muitas empresas estão investindo pesado na estratégia de vídeo marketing. Mas, apenas produzir bons vídeos não garante o sucesso de nada. É preciso acompanhar algumas métricas de vídeo para mensurar a dimensão do sucesso da estratégia.

Por semana, o brasileiro assiste, em média, cerca de 16 horas de vídeos internet. Além disso, 43% do público de nosso país admite que os vídeos atuam como fonte primária de informação, sobre produtos ou serviços que pensam em adquirir.

Estes dados acima são do Google e ajudam a compreender o motivo das estratégias de vídeo marketing estarem em alta, sendo utilizadas por cada vez mais empresas.

Mas, para garantir sucesso na estratégia, gerando atração e conversão de leads, é preciso acompanhar e mensurar métricas de vídeo marketing certas. Quer saber quais são elas? Então continue a leitura deste artigo. Vamos lá?

“O que não pode ser medido, não pode ser melhorado”

Uma estratégia de vídeo marketing deve ser metrificada, assim como qualquer estratégia de marketing que você for adotar em sua empresa.

Afinal, quando se trata de marketing, não é possível alcançar o sucesso da estratégia, sem que haja a mensuração e acompanhamento dos resultados apresentados.

Ao acompanhar as métricas de vídeo, a sua empresa poderá:

  • Conhecer melhor o comportamento do público diante do seu conteúdo, para avaliar os padrões de consumo. Assim, você é capaz de compreender quais os canais e formatos fazem mais sucesso;
  • Melhorar os processos internos das equipes de marketing e vendas. Isso permite entender o nível de qualificação dos leads gerados, entre outros aspectos;
  • Avaliar a linguagem utilizada e como a mensagem está sendo transmitida para o público.Com isso, fica mais fácil ajustar e otimizar o conteúdo e a mensagem transmitida pelo vídeo.

Para cada canal, métricas de vídeo diferenciadas

Um aspecto fundamental a ser levado em consideração, em qualquer estratégia de vídeo marketing é o canal utilizado para transmitir o vídeo. Para cada canal, existem métricas distintas a serem mensuradas, avaliadas e acompanhadas.

Por exemplo, em plataformas de vídeos, como o Youtube e o Vimeo, contam com métricas específicas. Elas incluem taxa de visualização, tempo médio de retenção do público, taxa de abandono e assinantes do canal.

Já nas redes sociais, como Instagram e Facebook, outras métricas relevantes precisam ser mensuradas. Por exemplo, quantos curtidas e compartilhamentos o vídeo gerou, se ele gerou mais acessos para a página de sua empresa na plataforma, entre outras.

Já se o vídeo for postado diretamente em seu site ou blog, é preciso avaliar, por exemplo se o tempo de carregamento do vídeo não afetou a taxa de rejeição da página. Ou quantas vezes os usuários deram play no vídeo ao entrarem na página.

Para cada objetivo, métricas de vídeo diferenciadas

Assim como os canais utilizados para disponibilizar o conteúdo em vídeo influenciam nas métricas, os objetivos da estratégia de vídeo marketing também interferem nesses dados.

Por exemplo, se o objetivo primordial da estratégia é captar leads, a métrica mais importante a ser acompanhada será o número de conversões a partir do CTA do vídeo.

Por outro lado, se o objetivo é produzir um vídeo viral e carregue com ele uma imagem positiva da empresa, é preciso acompanhar métricas como o número de compartilhamento, curtidas e comentários.

A seguir, vamos explicar em detalhes cada uma das métricas acima. Você vai entender a importância delas e de alguns outros números fundamentais para a sua estratégia.

9 métricas de vídeo para acompanhar

Abaixo, selecionamos 9 das principais métricas de vídeo que demonstram como seu público nota seu conteúdo e são fundamentais para o sucesso das estratégias de vídeo marketing adotadas. Confira:

1. Visualizações

A métrica de visualizações de vídeos indica (como o próprio nome sugere) quantas pessoas visualizaram o vídeo que você publicou.

Esta não é uma métrica profunda, afinal um vídeo pode até ser muito visualizado. Mas se tiver uma alta taxa de abandono (veja no item de número 6), será um forte indicativo de que o conteúdo é pouco atrativo e não está retendo a atenção do público.

Por outro lado, se poucas pessoas visualizam o conteúdo, significa que o raio de alcance dele é reduzido.

Em todo caso, a métrica de visualizações não pode ser tratada como definitiva, quando for avaliar o sucesso do vídeo. Ela sempre precisa estar acompanhada por outras métricas de vídeo.

2. Engajamento

Não existe, de forma específica, uma métrica de vídeo chamada “engajamento”. No entanto, é muito importante medir o nível de engajamento que os seus vídeos geram.

Para mensurar o engajamento, acompanhe métricas como:

  • Comentários nos vídeos (que iremos retomar no item 9);
  • Compartilhamentos (que iremos retomar no item 7), e;
  • Curtidas que o vídeo recebe.

Essas métricas de vídeo ajudarão você a compreender o nível de relação do público, com o conteúdo que você produz e publica.

Um nível baixo de engajamento do vídeo é um importante sinal de alerta. Ele pode indicar que o vídeo pode não está envolvendo o público e, por consequência, está muito longe de alcançar seus objetivos.

3. Assinantes

Em plataformas de vídeo, como o Youtube, um dos principais objetivos de uma empresa é o de conseguir mais assinantes (ou inscritos) do canal que a empresa mantém por lá.

Isso cria uma relação de fidelidade entre marca e consumidores. Por isso, procure incentivar durante os vídeos que os espectadores assinem o canal da empresa para que continuem ligados no que ela produzir.

Quanto mais inscritos em seu canal, maior será o envolvimento e o interesse do público no seu conteúdo. Essa é uma métrica de vídeo muito interessante de acompanhar quando o objetivo for aumentar o reconhecimento de marca e fazer o branding.

4. Desempenho

A métrica de desempenho ajuda você a comparar e analisar os vídeos que a empresa já produziu e publicou.

A partir desta métrica, será possível obter informações sobre quais os conteúdos são mais relevantes para o seu público.

Com isso, você poderá realizar testes A/B de formatos de conteúdo, mensagem de CTA, tempo de duração, entre outros. A partir disso, é possível avaliar qual o formato produz resultados melhores junto ao público.

5. Tempo de carregamento do vídeo

Outra métrica de vídeo muito importante é o tempo de carregamento quando o usuário tenta acessar a página onde ele está postado.

Para plataformas de vídeo dedicadas e redes sociais, entretanto, esta não é uma métrica tão importante. Afinal, elas já possuem uma rede preparada para receberem milhões de usuários assistindo a vídeos todos os dias.

No entanto, se você for postar um vídeo no site ou no blog de sua empresa e este vídeo demorar muito a carregar, o usuário pode acabar abandonando a página. O que aumentará a taxa de rejeição do site, influenciando negativamente o SEO da página.

Para evitar isso, realize testes na página ao postar vídeos. Uma ferramenta bastante útil para isso é o PageSpeed Insights do Google. Ela permite testar a velocidade de carregamento de uma página e de todos os itens nela.

6. Taxa de abandono

A taxa de abandono indica em qual momento do vídeo o usuário interrompeu a execução dele e foi para outra página.

Se você identificar um padrão do momento de abandono de um vídeo, é preciso analisar o que está motivando o usuário a deixar o vídeo e ir ver outra coisa. A partir disso, basta modificar o conteúdo para que ele retenha mais os espectadores.

7. Compartilhamentos

Em redes sociais, uma métrica de vídeo mais importantes de serem avaliadas é o número de compartilhamentos do conteúdo.

Além de ser útil para medir o engajamento do vídeo, o número de compartilhamentos também indica o nível de viralização do conteúdo. Quando um conteúdo é bastante compartilhado, significa que o público enxergou valor suficiente para compartilhá-lo com os amigos.

8. Replay

A taxa de replay é muito útil para medir quais conteúdos geram mais impacto no público. Esta métrica indica quantas vez o conteúdo foi revisto.

Isto indica que o vídeo, ao ser assistido de forma repetida, possui informações que o público está verdadeiramente interessado em reter. O que pode ser utilizado como orientação sobre qual linha de conteúdo seguir.

9. Número de comentários

Uma métrica de vídeo muito importante e que ajuda a compreender a capacidade de viralização do conteúdo e o engajamento é o número de comentários que ele gerou.

Quanto mais comentários, mais os usuários estão envolvidos com o material. Avalie como são os comentários, se são positivos ou negativos, se apresentam muitas dúvidas (o que indica que algo no assunto pode ser melhor abordado), entre outros aspectos.

Procure incentivar o espectador a comentar e, quando possível, responda as dúvidas e agradeça aos elogios. Pois, assim, os espectadores se sentirão mais motivados a comentarem seus vídeos.

Para que a sua estratégia de vídeo marketing alcance sucesso, é preciso ter a métricas de vídeo sob controle e plenamente mensuradas.

Com elas, você terá um panorama completo sobre a eficiência e qualidade dos conteúdos em vídeo produzidos e como o público recebe e reage a eles.

A partir dessas informações, você poderá realizar melhorias no conteúdo, reforçar os aspectos positivos ou mesmo realizar testes, vendo o que deu e o que não deu certo na sua estratégia de vídeo marketing.

Conteúdo produzido pela VidMonsters