usabilidade mobile
Blog

Como o mobile marketing influencia suas taxas de conversão?

Rafael Damasceno

O marketing mobile foi criado para atingir os consumidores, cada vez mais assíduos, da conexão à internet no smartphone.

No mundo inteiro, as pessoas têm permanecido mais tempo online e, de acordo com uma pesquisa realizada pelas empresas We Are Social e Hootsuite, o brasileiro é o povo que passa mais tempo conectado, algo em torno de 9h14, todos os dias.  

São mais de 202 milhões de acessos à internet móvel registrados no Brasil, a informação divulgada pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), revela ainda mais: o país conta com 5.570 cidades, sendo que 5.030 contam com cobertura de internet móvel.

A internet móvel e os smartphones são os maiores canais de informação, interação e entretenimento da população brasileira – e do mundo todo. Por isso, os investimentos em marketing mobile são fundamentais para empresas que querem se comunicar com seu público.

A seguir você vai entender mais sobre o marketing mobile e descobrir como ele vai influenciar as taxas de conversão do seu site. Confira!

O que é mobile marketing?

O marketing mobile é o conjunto de ações, estratégias e ferramentas utilizadas pelas marcas para impactar os usuários e clientes que utilizam dispositivos móveis para acessar a internet.

O aumento cada vez mais frequente dos acessos à internet por meio de aparelhos de celular, fez com que as empresas precisassem criar formas de impactar esses usuários.

O smartphone já é o dispositivo mais utilizado pela população para acessar a internet, são 97,2% utilizando o aparelho. Em algumas residências, 38,6%, o celular é o único meio utilizado pelos usuários para navegarem na web.

Diversas técnicas e estratégias foram desenvolvidas para fazer com que a comunicação das marcas chegassem até o cliente de forma sutil e eficiente. As promoções chegam por meio dos aplicativos instalados, através de SMS, redes sociais, e-mail marketing etc.

Cada ação que o usuário faz em seu smartphone gera dados que podem ser capturados pelas empresas para que os anúncios sejam segmentados e direcionados para cada tipo de cliente, localização, interesse e assim por diante.

Por que investir em mobile marketing?

Vendas por celular aumentam 3 vezes mais rápido

Sim, esta é uma verdade que quem está antenado com o mercado já sabe. As vendas por desktop tem tido crescimento, mas não se comparam com as vendas por celular, que já chegam a quase 50% ao ano.

Na verdade, metade dos brasileiros já acessam a internet via smartphone.

65% das compras online começam em um smartphone

Isso significa que muitas vezes o fechamento da compra acontece no desktop, mas a pesquisa começou no smartphone, no dispositivo móvel.

Pense bem: quantas vezes você estava no ônibus ou no táxi e aproveitou esses momentos de deslocamento para pesquisar um produto ou serviço na internet, ou conferir suas mídias sociais?

Esses dados fazem bastante sentido! Ao chegar em casa, você foi ao desktop e continua suas pesquisas ou a ver suas mídias sociais de onde havia parado.

E mais: só 25% das pessoas que fecham uma compra pelo desktop começaram a pesquisar por ali, a maioria pesquisou antes no smartphone ou outro dispositivo móvel.

Esses dados só reforçam a importância da usabilidade mobile no auxílio da conversão de vendas.

É preciso ir além do site responsivo

Um site responsivo pode ajudar bastante, mas o ideal é fazer um site especificamente pensando na usabilidade mobile, pois as experiências e usos no mobile e no desktop são bem diferentes.

O usuário de dispositivos móveis tem o costume de ser mais ágil e apressado, ele quer objetividade.

No desktop, há mais tempo e calma, o usuário quer ver todos os detalhes para ser convencido a comprar.

Por isso, não é só a mera mudança de fontes, larguras de telas e outros detalhes que vai funcionar: é preciso pensar de forma diferenciada para cada layout e, principalmente, conteúdo.

E isso não é verdade apenas no seu site e e-commerce. Seu e-mail abre bem no mobile?

Sem falar nas mídias sociais, que também precisam ter uma boa usabilidade no mobile. 50% dos acessos no Facebook são feitos por dispositivos móveis e, mais que isso, 30% dos  usuários só usam o Facebook via mobile.

A maioria dos acessos a smartphones são feitos de casa

60% dos acessos via smartphones são feitos da residência das pessoas e, no caso de tablets, isso chega a quase 80%.

Isso quer dizer que apesar de desejarem rapidez e objetividade, esses usuários podem se aprofundar em assuntos que sejam de seu interesse, se seu conteúdo for adequado para eles.

Na verdade, as mesmas pessoas acessam seu site e seu e-commerce de diferentes dispositivos.

Portanto, a usabilidade mobile tem que ser pensada dentro deste contexto amplo, com complementariedade de conteúdos e experiências.

90% dos usuário usam as telas de diferentes dispositivos de forma sequencial, para acompanhar um assunto de seu interesse ao longo do tempo.

Normalmente, existe uma sequência de ações deste tipo:

  • Reconhecimento de necessidades
  • Pesquisa
  • Avaliação de alternativas
  • Compra

Portanto, a usabilidade mobile é apenas um dos elementos desta jornada de compra de seu cliente, que pode estar mudando de canal em diferentes momentos deste funil de vendas.

A importância da usabilidade mobile ao criar um site

Um dos temas mais quentes da atualidade é a usabilidade mobile.

E é fácil entender a razão. Muitos grandes sites no Brasil e no mundo já chegam a ter a maioria dos seus visitantes vindo de aparelhos móveis.

E segundo cálculos do eMarketer, em 2016, cerca de metade da população do Brasil (100 milhões de pessoas) já estará acessando a internet por dispositivos móveis.

Screen Shot 2015-03-24 at 2.36.17 PM

Mas apesar do enorme tamanho desse mercado e seu acelerado crescimento, a qualidade dos sites em geral em aparelhos móveis é, normalmente, sofrível.

Erros básicos são cometidos. “Boas práticas” falsas são assumidas erroneamente.

E para ajudar a mudar esse angustiante cenário, decidi gravar uma palestra online com o tema: Como criar um site mobile que transforma visitas em clientes.

No vídeo, ensino a evitar diversos erros que seus sites mobile estão cometendo hoje e ainda mostro técnicas que nós mesmos usamos na Supersonic para aumentar as conversões de nossos clientes.

Para assistir ao vídeo, basta acessar o link abaixo e inserir seus dados:

Screen-Shot-2015-04-06-at-5.49.26-PM

Os benefícios de estar nas mãos dos seus clientes

O mobile marketing é uma das estratégias que permite à marca estar cada vez mais próxima e frequente na vida do cliente, podendo até fazer com que o público realize uma compra diretamente de seu celular.

Veja quais são os principais benefícios do mobile marketing.

Comprar nunca foi tão fácil

Como os brasileiros têm utilizado mais o celular para acessar a internet, a busca por produtos e itens de compra também estão sendo feitas desses dispositivos.

O Groupon, site de compras coletivas, fez uma pesquisa e revelou que o Brasil está acima da média no número de compras feitas pela internet, a partir de seus celulares, quando comparado com outros países.

Na pesquisa, feita com 6 mil pessoas da Argentina, Chile, Colômbia, México e Brasil, 15,6% dos entrevistados afirmaram usar um dispositivo móvel para comprar produtos. Já no Brasil, essa prática é comum entre 20,6% da população.

São as vantagens da compra online que têm despertado o interesse dos usuários em trocarem a experiência de uma loja física por um e-commerce.

Para 76,6% dos entrevistados, os preços são mais atrativos; 63,5% preferem a praticidade e a conveniência; enquanto 52,9%, são atraídos pela facilidade e 44,7%, encontram uma variedade maior de produtos na web.

Segmentação de anúncios associada à localização do usuário

Por meio dos dados de localização do cliente a marca consegue criar diversos anúncios segmentados.

Um restaurante, por exemplo, pode criar ofertas para pessoas que estejam passando próximo à sua localização no horário do almoço, enviando cupons de desconto, cortesias e ofertas.

Outra forma de segmentação interessante, dessa vez para a inauguração de empresas, é usar anúncios divulgando a chegada da marca à região para todas as pessoas que moram ou estão dentro daquela localização.

Presença em diversos canais

A marca que quer investir em mobile marketing deve estar presente em todos os canais utilizados pelo seu público. Ter uma estratégia de conteúdo para as redes sociais não é suficiente, é preciso que a empresa crie ações específicas para cada aplicativo e, principalmente, na divulgação por meio de anúncios.

Alguns aplicativos específicos, como Foursquare, permitem que o usuário encontre a empresa e que compartilhem sua localização com seus amigos e seguidores nas redes sociais, contribuindo com a divulgação da empresa.

O login com Facebook ou outra rede social faz com que o cliente divulgue que está no seu estabelecimento e atraia outros visitantes para o local. Essa estratégia pode ser adotada por empresas que compartilham o acesso à internet com os clientes, onde para concluir a conexão será necessário efetuar um check-in no local.

Como otimizar a conversão para mobile?

Veja agora como o mobile marketing vai ajudar a aumentar as conversões em seu site. Confira!

Otimize seu site

Caso a sua empresa não tenha um site responsivo, esse é o primeiro passo que você deve tomar para começar a sua estratégia de mobile marketing.

O site responsivo se adapta a diferentes tipos de tela, proporcionando uma visualização adequada tanto do layout quanto do conteúdo oferecido.

Quando o cliente clica em um link que o direciona para um site que não carrega ou não permite uma boa visualização de suas informações, sua reação é querer sair daquele ambiente, por isso as chances de que o usuário feche o seu site são muito maiores, impactando negativamente na conversão.

Otimize suas landing pages

O preenchimento de dados em landing pages está entre as ações que mais incomodam os usuários, por isso o recomendado por especialistas é que a empresa solicite apenas as informações mais importantes para a sua estratégia.

No celular não seria diferente. Imagina ter que preencher um monte de campo em uma tela reduzida e com um teclado touch?! Tudo isso pode comprometer a conversão do seu site.

Por isso, otimize o máximo que for possível da sua landing page. Tente simplificar e diminuir os campos. Por exemplo, em vez de colocar um campo para nome e outro para sobrenome, experimente perguntar como o cliente quer ser chamado ou usar um campo apenas para as duas informações.

Discuta e valide com a equipe de vendas, quais são os dados fundamentais e não esqueça de aplicar as técnicas de SEO no conteúdo da página.

Adapte seus CTAs

No mobile, o ideal é que o cliente consiga converter com poucos cliques, pois diversos fatores podem fazer com que ele abandone a sua página: a conexão com a internet, uma notificação que chega em outro aplicativo ou qualquer outra ação que ele esteja fazendo fora do celular.

É importante, então, que a página seja limpa e livre de poluições, com CTAs claros e bem distribuídos. Espalhe bem os botões, deixe-os destacados do restante do conteúdo e use chamadas curtas e que motivem o cliente a concluir a ação. Prefira ” compre” a “compre agora”, “baixe”, “teste”, “veja” e assim por diante.

Dica bônus: invista em mobile vídeos

Os vídeos já são os conteúdos mais acessados e visualizados pelos usuários de internet e é pelo celular que 84% dos brasileiros assistem seus conteúdos em audiovisual.

Com o vídeo marketing, a marca estará o tempo todo em contato com o cliente.